sexta-feira, 21 de maio de 2010

Querem saber quem eu sou? Convido a visitar meus pensamentos...


Não quero um rosto, por que rostos angelicais não me impressionam...
Não quero marcas, porque não preciso ser demarcada nem adicionada a um grupo...
Não quero companhia fútil, porque de futilidade já basta a existência de pessoas fúteis...
Não quero falsos ídolos quando a idolatria em si é falsa...
Não quero filhos, quando ainda quero ser filha...
Não quero tudo, quando percebo que o tudo vale o mesmo que o nada...
Não me impressiono com o que ouço, mas sim com o que vejo...
Não vi muitas coisas, pois o que me mostraram não era importante...
Não fui, estive...
Não sou, estou...
Não sei exatamente o que quero, mas sei certamente o que não quero...

"I`m wild like a horse, I can`t be tamed or bought, and what they mean by soul, it`s not like me at all..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário